Volkswagen matará o Passat americano em 2023

Não é preciso ir aos EUA para saber que o Passat americano não é a maneira mais sensata que a montadora alemã teve para o segmento de sedãs por lá. Agora, está confirmado aquilo que muitos já suspeitavam, o modelo sairá de cena.

Ainda feito sobre a PQ46, o Passat americano ficou até para trás do irmão chinês, que também era fruto do projeto NMS (New Midsize Sedan), que se desconectou do modelo europeu.

Volkswagen matará o Passat americano em 2023

Na China, o Passat local evoluiu e cresceu com base na plataforma modular MQB. Nos EUA, a filial da Chattanooga resolveu fazer o que a brasileira executou com o Santana, aproveitando a base e modelando um carro novo.

Aqui, ainda não tínhamos Accord e Camry, mas eles já estavam chegando. No mercado americano, estes são como Corolla e Civic por aqui, lideram o segmento. Diante deles, o Passat americano não tem a menor chance.

Volkswagen matará o Passat americano em 2023

Ainda que tenha sido um produto de baixo custo desde sempre, o modelo foi o responsável pela volta da VW à produção nos EUA e por ser o mais vendido do portfólio local desde então.

Com um tapa no visual, de gosto duvidoso, o VW Passat deverá sair de cena em 2023, o que é ainda muito tempo para vê-lo nos show rooms. Enquanto Ford e GM mataram sedãs mais legais, este resistirá ainda por um bom tempo.

Volkswagen matará o Passat americano em 2023

Com SUVs, crossovers e picapes mandando na “América”, ter um sedã desse porte não faz muito sentido, apesar de Honda e Toyota – não podemos esquecer da Nissan – pretenderem adotar os últimos órfãos do mercado.

Tendo interior mais simples que os dois rivais japoneses, o VW Passat “made in USA” tem motor 2.0 TSI de 176 cavalos e 28,4 kgfm, tendo transmissão automática de seis marchas Tiptronic.

Em seu lugar, a VW pretende ampliar a produção do ID.4, que parte de US$ 39.995 e tem potencial de vendas muito superior.

[Fonte: Wards Auto]

 

 

© Noticias Automotivas. A notícia Volkswagen matará o Passat americano em 2023 é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.