Lock-down, isolamento social… Que tal lavar o carro? Para não deixar o veículo empoeirando na garagem até virar uma peça tentadora para os dedinhos das crianças escreverem um “lave-me”, tire um tempinho para cuidar dele.

VEJA TAMBÉM:

Primeiro, se o carro vai ficar parado mesmo por um longo período de tempo, ligue o motor e dê uma voltinha por uns 10 minutos para manter peças lubrificadas, a bateria ativa e outros componentes dentro de um funcionamento mínimo. Feito isso, é hora daquela bela limpeza no automóvel.

10 dicas para lavar o carro

Faça isso uma vez por semana. Além de preservar a pintura, a higiene da cabine – especialmente em tempos de epidemia do novo coronavírus – e evitar manchas na lataria, limpar o veículo pode até ser uma terapia. Não perca tempo e veja nossas dicas para lavar o carro.

1. Sombrinha

Antes de mais nada escolha um lugar protegido da luz ambiente e do calor. Lavar o carro sob o sol, especialmente em cidades quentes e com clima mais seco, é arriscado. A água e o sabão sobre a carroceria podem secar rapidamente e manchar a pintura. O ideal é lavar o carro dentro de uma garagem coberta e bem iluminada.

2. Tapetes

tapete carro molhado lado passageiro ar condicionado

Tem mais uma coisinha antes de tacar água no veículo. Retire os tapetes de borracha dentro da cabine dos veículos e limpe-os, para dar tempo deles secarem enquanto você lava o carro. Use uma escova com cerdas macias e uma solução com água e sabão neutro (detergente, do amarelinho, serve) ou produto específico à venda em várias lojas de e-commerce.

Depois, coloque-os para secar, ou em cima de uma muretinha ou mesmo em um varal – só não deixe a esposa ver que você colocou o tapete no mesmo lugar que pendura as roupas limpas. No caso de carpetes, retire a poeira com uma escova seca, passe o aspirador de pó e aplique um pano úmido (só úmido) com a mesma mistura de água e sabão neutro.

3. Hora de lavar o carro

Molhe bastante a carroceria antes de lavar o carro. Se for na mangueira, use um jato de água suave, para não correr riscos de danificar a pintura. No caso daqueles equipamentos com pistola e pressurizador, dê uma distância da carroceria. Sempre com moderação, lembre-se de não desperdiçar água e ficar com a torneira aberta.

O ideal é usar a mangueira para encher um balde médio ou grande de água e ir jogando sobre a carroceria. Assim, você também evita a ida e volta da torneira para encher os baldes.

4. Ensaboa, ensaboa…

Vamos pedir licença à canção do Cartola para mostrar a melhor forma de ensaboar o veículo. Separe dois baldes de água e em uma delas dilua o produto específico para lavar carros. Pegue uma esponja macia, também feita para veículos, e mergulhe-a no balde com a solução de limpeza.

Comece pelas janelas, com uma esponja ou pano específico para limpeza de vidros, Não esqueça dos cantos. Depois, parta para a carroceria. Com outra esponja para lavagem automotiva bem encharcada no sabão, limpe primeiro o teto, sempre com movimentos circulares e suaves.

Depois, limpe a esponja no balde apenas com água e na sequência afunde-a novamente no recipiente com o xampu veicular – a cada limpeza de uma parte do carro, faça esse procedimento para tirar o excesso de sujeira da esponja.

Depois vá para o capô, tampa do porta-malas e portas. Deixe as partes mais baixas das laterais e dos para-choques por último, pois são os locais que costumam acumular sujeiras mais difíceis e grossas.

Com a mangueira ou com baldes com água limpa – não as que você usou para limpar a esponja – tire todo o excesso de sabão. Sempre de cima para baixo, como se estivesse tomando banho.

5. Rodas e pneus

lavar roda e pneu do carro

Também com água e sabão neutro ou solução própria para as peças, use uma escova com cerdas macias – ou específica para limpeza de pneus para lavar as borrachas. Para as rodas também existem escovas especiais e menores para limpar as frestas dos aros e que não riscam o metal.

Em hipótese alguma use produtos abrasivos ou derivados de petróleo. Aqui é importante enxaguar cada conjunto roda/pneu antes de partir para o próximo, a fim de evitar manchas. Para secar, use um pano preferencialmente de microfibra e não esqueça de enxugar aqueles cantinhos das rodas.

Se quiser usar aqueles produtos que deixam o pneu pretinho, fique à vontade. Só não exagere na quantidade da substância e use uma esponja em separado para a aplicação

Detalhe fundamental: não use a solução de sabão e os panos que limparam ou secaram os pneus e rodas na limpeza na carroceria e nos vidros. Opte por materiais de cores diferentes para você conseguir fazer uma separação de cada um de acordo com sua utilização no veículo.

Ao recolocar os tapetes, lembre-se de prendê-los às travas: é questão de segurança! Boris Feldman explica no vídeo: 

6. Secagem

Na carroceria, use um pano grande e macio, de preferência de microfibra para não arranhar a pintura. Para os vidros, vale ainda aplicar um pouco de limpa-vidros na superfície. Para secar as janelas, utilize um pano separado do que você usou na lataria.

Mas o bom e velho jornal ainda é uma dica preciosa e uma arma eficaz contra aquelas manchas de água nas janelas. E evite abrir os vidros durante um tempo, pois a base deles ainda fica com água e vai acabar molhando a superfície envidraçada no sobe-e-desce.

Por falar em manchas, se você não quer que a lataria do seu automóvel vire um atlas sutil, não deixe o carro secando ao relento. Enxugue-o o quanto antes e sempre na sombra.

7. Não se esqueça da cabine ao lavar o carro

limpeza limpar volante shutterstock

Inicie a limpeza da cabine com uma flanela ou pano de microfibra para retirar o excesso de poeira de painéis e revestimento das portas. Passe também uma escova macia no teto e bancos.

Depois, use um aspirador de pó portátil. Comece pelos encostos e assentos e passe no assoalho – não esqueça os cantinhos. Nas saídas de ar, use uma escova de dente com cerdas macias para tirar o excesso de poeira também.

Para as partes plásticas, é possível usar um pano apenas umedecido com sabão neutro diluído em água. O mesmo vale para aplicar nos painéis de portas, teto e bancos – e nas palhetas das saídas de ar. Para peças de couro, é importante passar um hidratante específico para esse tipo de material – não use hidratante corporal nem encharque o banco com a substância.

8. E a tela multimídia?

O display das centrais multimídias são uma beleza para ficarem repletas de marcas de dedo e sujeira. Mas a limpeza é simples. Retire a poeira com um pano de microfibra. Depois, em outro pano de microfibra, pingue um pouco “limpa-telas”, uma solução específica para esses monitores – é o mesmo que serve para limpar celulares, TVs, computadores e tablets.

9. E os vidros por dentro?

higienizacao automotiva lavar o carro limpar vidros e para brisa por dentro

Aqui, você não vai jogar água e sabão, claro, então retire o excesso de poeira e depois aplique aquele limpa-vidros com um borrifador e vá passando um pano limpo e macio – microfibra mais uma vez, ou que não solte fiapos. Para secar e retirar as manchas, vale usar o jornal novamente ou uma microfibra seca.

10. Para dar aquele brilho…

Existem vários produtos para deixar diferentes partes do carro tinindo: desde a pintura até os revestimentos do habitáculo. Para a carroceria, use ceras líquidas ou pastosas de fabricantes conhecidos. Dê preferência a produtos com fatores de proteção solar.

Com o carro completamente seco, em ambiente coberto e com a lataria fria, coloque a cera com um aplicador – umas esponjas redondas que parecem uma versão um pouco maior daquelas almofadinhas que as mulheres usam para cor pó-de-arroz ou base no rosto. Esse aplicador, inclusive, costuma ter o diâmetro certinho da lata de cera.

Não precisa emplastar a esponja de pasta. Com um pouco do produto, faça movimentos circulares e repita o processo sobre toda a superfície do carro. Não é preciso fazer força. Com a parte mais lisa do pano de microfibra (tem sempre um lado mais felpudo e outro menos), faça a limpeza da cera.

Nos painéis da cabine, nada de usar silicone ou soluções caseiras. Além de deteriorar e ressecar as partes plásticas, podem deixar as superfícies grudentas e “melequentas” – e atrair mais poeira. Em várias lojas virtuais há diferentes opções de substâncias apropriadas para dar brilho nestas peças, sem deixar manchas e ainda com proteção UV, que minimiza os efeitos do sol.

O post Vai lavar o carro? Então confira essas 10 dicas muito úteis apareceu primeiro em AutoPapo.