Toyota Corolla Cross [Auto+ / João Brigato]

A Toyota foi notificada pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) por culpa do polêmico sistema de escapamento do Corolla Cross. Chamado popularmente de marmita, o abafador final do SUV da Toyota no Brasil fica exposto nitidamente nas ruas, o que tem tornado o modelo alvo de piadas na internet.

Contudo, as versões europeias e norte-americanas do Toyota Corolla Cross não possuem o mesmo sistema de escape aparente do brasileiro. Isso provocou críticas pesadas dos consumidores pela diferença de tratamento entre o Brasil e o exterior. Para tentar sanar o problema, a Toyota recorreu a uma gambiarra.

A linha 2023 tem o abafador pintado em preto, mas somente na parte visível. Consumidores têm relatado que a pintura descasca e depois de um tempo sai completamente. E é justamente por conta disso que o Ministério da Justiça está intervindo. Anderson Torres, Ministro da Justiça, alega que a Toyota está agindo de má fé com os consumidores.

[Auto+ / João Brigato]
“Estamos atentos para as práticas que violem a transparência na relação entre empresas e consumidores”, afirma o Ministro. Se configurado que essa solução caseira da Toyota foi uma ação de má fé, a montadora sofrerá sanções administrativas. Além disso, será apurado se os consumidores foram informados pela marca sobre a pintura para esconder o escapamento.

A Toyota deverá prestar esclarecimentos nos próximos dias por conta do prazo dado pela Justiça em relação ao escapamento do Corolla Cross. Enquanto isso, o SUV médio vendido em outros países não tem a peça aparente e tão pendurada quanto a versão brasileira. Será que dessa vez a Toyota encontrará uma solução definitiva para a marmita pendurada?

Toyota Corolla Cross [Auto+ / João Brigato]
[Auto+ / João Brigato]

>>Corolla Cross Hybrid: conforto de Corolla, consumo de Kwid | Avaliação

>>Corolla Cross vs Taos: qual real alternativa ao Compass? | Comparativo

>>Toyota Corolla Cross é Corolla de verdade, mas tem poréns | Avaliação