Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV

Muito se fala na eletrificação para baixar as emissões de CO2 na Europa, diante do novo limite de 95 g/km, imposto sobre os fabricantes estabelecidos no velho continente, assim como para as marcas que querem vender seus carros por lá.

Contudo, o gás natural é uma opção já estabelecida e bem aproveitada por algumas marcas. Como a pressão ambiental é enorme na região, mesmo marcas premium não podem se dar ao “luxo” de evitar o uso do GNV em alguns de seus produtos.

Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV

Esse é o caso da Audi, que trouxe de volta o A3 Sportback abastecido com gás, porém, agora em sua quarta geração. Chamado oficialmente de Audi A3 Sportback 30 g-tron 2021, o hatch médio alemão vem equipado com o novo motor EA211 1.5 TFSI de quatro cilindros com turbo, injeção direta e ciclo Miller. 

Assim como o EA888 2.0 TFSI Gen 3, esse propulsor tem a tecnologia de desligamento de cilindros e funciona de uma forma mais eficiente, mas com GNV, o 1.5 TFSI rende 131 cavalos e 20,4 kgfm entre 1.400 e 4.000 rpm. No ciclo Miller, a fase de compressão é abreviada, enquanto a expansão é alongada. O consumo é de 3,5 kg/100 km com 96 g/km de CO2.

Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV

Além disso, o 1.5 TSI vem com um recurso normalmente usado em motores diesel, a turbina de geometria variável, usada para reduzir o turbo lag. Com gasolina, o 1.5 TFSI volta a entregar 150 cavalos e 25,5 kgfm. O Audi A3 Sportback 30 g-tron 2021 é equipado com três cilindros de gás de alta pressão e resistência. 

Um deles tem capacidade para 4 kg de GNV e fica à frente do tanque de combustível, sob o banco traseiro. Os outros dois possuem 7 kg de espaço para gás em cada, fixados lado a lado sob o assoalho do porta-malas, eliminando assim o estepe. O volume cai para 280 litros, mas pode chegar a 1.100 litros com o rebatimento do banco traseiro.

Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV

Com 20% menos de emissão de CO2, o GNV não é o único gás admitido pelo A3 g-tron, sendo usado ainda o metano, obtido pela Audi em uma usina de resíduos agrícolas na Alemanha, sendo todo o processo com energia eólica. Existem 850 postos de gás no país. A autonomia é de 445 km com GNV (WLTP) e o modelo custa € 30.705,88.

Audi A3 Sportback 30 g-tron 2021 – Galeria de fotos

Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV

© Noticias Automotivas. A notícia Para baixar emissão, Audi A3 Sportback 30 g-tron retorna com GNV é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.