Viaturas da Dodge [divulgação]
Viaturas da Dodge [divulgação]

Hoje, cerca de 80% da frota policial estadunidense composta por carros da Ford (Taurus e Explorer), mas a Dodge quer mudar isso com a atualização de sua linha Pursuit. Aproveitando que o Taurus foi aposentado, a Dodge atualizou o Charger e o SUV grande Durango para enfrentarem os bandidos lá nos Estados Unidos.

Enquanto aqui no Brasil temos viaturas com quatro cilindros e motores de, no máximo 1.8 litro (vez ou outra ainda há um SUV grande como Chevrolet Trailblazer ou Toyota SW4, mas ambos diesel), lá nos EUA os policiais da Dodge são servidos por um motor V6 Pentastar de 304 cv e 36,5 kgfm de torque.

O motor passou recentemente por algumas mudanças para melhorar o consumo de combustível e aumentar sensivelmente o torque e a potência. Além disso, saiu de cena o câmbio automático de cinco marchas, entrou o novo TorqueFlite de oito velocidades.

Dodge Durango Pursuit [divulgação]
Dodge Durango Pursuit [divulgação]
No Charger, a mudança mais importante foi a adoção de tração integral no modelo V6. Assim, o sedã ganha mais estabilidade em perseguições, especialmente em ruas cobertas de neve ou molhadas. No caso do Durango, a tração integral já era padrão antes da mudança.

Para policiais mais tradicionais, a Dodge continua a oferecer o motor V8 no Charger viatura, sem especificar qual a potência do conjunto. Nesse caso, a tração é traseira, como manda a tradição dos muscle-cars.

O Durango Pursuit ganhou novo sistema de ar-condicionado de três zonas pensado especialmente para as operações policiais com cachorros. Além disso, a manopla de câmbio foi deslocada para a coluna da direção afim de liberar mais espaço no console central para armas e equipamentos policiais.

Dodge Charger Pursuit [divulgação]
Dodge Charger Pursuit [divulgação]
A produção das viaturas policias da Dodge começará ainda neste ano para o Charger Pursuit, enquanto o Durango Pursuit só começará a sair das linhas de montagem em 2021. Ambos, vale lembrar, não são oferecidos no Brasil em suas versões civis, o que torna impossível que Charger e Challenger apareçam fardados em solo nacional.

>>Dodge Durango SRT Hellcat é lançado com motorzão de 719 cv

>>Esquecida pela Fiat por muito tempo, Maserati revela novos modelos

>>VW Amarok segue Ford Ranger e tem produção dobrada na Argentina