Fim da produção de modelos a combustão da VW na fábrica de Zwickau, na Alemanha

Modelos como Golf e Passat darão lugar na linha de montagem a 6 veículos 100% elétricos até 2021

 

A centenária fábrica da Volkswagen em Zwickau, na Alemanha, encerrou a produção de carros a combustão para dar lugar a veículos 100% elétricos. O último modelo a deixar a linha de montagem foi a perua Golf Variant de sétima geração, na versão R. No lugar dos carros a combustão, serão fabricados na unidade seis modelos elétricos das marcas Volkswagen, Audi e Seat até 2021.

Fundada em 1904 pela marca Horch, a fábrica alemã já produziu mais de 9,5 milhões de carros à combustão. Os modelos da Vokswagen começaram a ser produzidos em Zwickau há 30 anos, em 1990. Desde então, saíram de lá 6.049.207 unidades de modelos como Polo, Golf, Golf Variant, Passat e Passat Variant.

A partir de agora, a fábrica centenária concentrará os esforços nos elétricos do grupo, com o lançamento dos modelos ID.3 e ID.4 ainda em 2020. A marca, inclusive, selecionou funcionários voluntários desta fábrica para fazer o “teste da vida real”c om protótipos do ID.3. A capacidade de produção da fábrica em 2021 será de 330 mil veículos.

Segundo a Volkswagen, todos os 8 mil funcionários da fábrica serão treinados para aprender a lidar com segurança com os sistemas de alta voltagem dos elétricos.

Foto: Divulgação

The post Após 116 anos, fábrica da VW deixa de produzir carros a combustão appeared first on Revista Carro.